Receitas Lowcarb

Alimentação flexível – O que você precisa saber para controlar seus Macros!

A busca pela perda de peso e boa forma faz a maioria das pessoas investir em todo tipo de dieta sem focar em uma específica, sendo que, a grande dificuldade da maioria dessas pessoas é de abrir mão das comidas que gostam, porém, uma alimentação flexível baseada em macros pode ser a solução.

A dieta flexível, chamada de IIFYM cujas iniciais são de (If It Fits Your Macros) que se significa “Se isso se encaixa nos seus macros” é uma dieta baseada em uma alimentação flexível feita a partir da contagem do macros, que são os macronutrientes, ou seja, as proteínas, carboidratos e gorduras.

A dieta flexível te permite emagrecer comendo o que gosta apenas controlando os macros que vão fazer parte do cardápio diário, sendo que, essa dieta começou a fazer sucesso entre os fisiculturistas, que investiam nesse programa de alimentação como forma de ficar prontos para a competição, mas agora ganhou todos os tipos de adeptos.

Como funciona a alimentação flexível? O que são macros?

Para entender melhor como funciona essa dita basta saber que cada macro tem seu falor calórico, sendo que: 1 grama de gordura tem 9 calorias, 1 grama de proteína tem 4 calorias e 1 grama de carboidratos também tem 4 colorias, sendo preciso levar isso em conta para atingir um número de calorias diárias.

Um exemplo tendo como base as seguintes refeições:

  1. Um hambúrguer de frango contém 25 gramas de proteína + 33 gramas de carboidrato + 15 gramas de gordura.
  2. Um prato de arroz integral com atum contém 25 gramas de proteína + 33 gramas de carboidrato + 15 gramas de gordura.
  3. Mesmo sendo refeições bem diferentes elas possuem a mesma quantidade de macros, ou seja, nessa dieta é possível comer de tudo, só que de forma moderada.

A dieta flexível está sendo muito bem aceita por não ser restritiva como as demais, para muitos essa é a estratégia perfeita para se livrar das gordurinhas sem tantos sacrifícios.

Vantagens da alimentação flexível

  • A maior de todas as vantagens é poder comer tudo que gosta se baseando nas calorias;
  • Obriga a monitorar os macronutrientes da refeição, o que é um bom hábito e pode ser levado para a vida toda, pois, monitorar o que se comer, além de fazer emagrecer também ajuda a ter mais saúde;
  • É uma dieta sustentável a longo prazo diferente da mais restritiva que podem ser feitas somente por curtos períodos;
  • Como exige menos sacrifício tem mais chances de dar certo com menos risco de desistência;
  • Te ajuda a entender melhor cada alimento, levando em conta não apenas suas calorias, mais também seu valor nutricional.

Desvantagens da alimentação flexível

  • É um pouco complicado calcular os macronutrientes diariamente;
  • Como é permitido todo tipo de alimento, às vezes, pode ocorrer certos exageros que acabam por diminuir a eficácia do programa de alimentação.

Como calcular meus macros?

Comece com uma calculadora online, existem algumas, umas mais fáceis de usar e outras mais difíceis, sendo que, essas calculadoras solicitam informações como sexo, idade, nível de atividade e meta de perda de peso, depois ela vai te sugerir a quantidade de proteínas, carboidratos e gorduras que pode ingerir por dia, esse número varia de pessoa para pessoa.

 

Deixe seu comentário
Alimentação flexível – O que você precisa saber para controlar seus Macros!
Avalie este artigo

Está cansada e enjoada das receitas da internet? Vou te mostrar algo que vai fazer você emagrecer de forma fácil e sem passar vontade.
E-book 200 Receitas Low Carb


→ Promoção exclusiva para leitores do Dieta Paleo Low Carb:

 → Atenção: Desconto de 76% e super bônus por tempo limitado. ←


  • Bônus 1 - 7 Vantagens da Dieta Low Carb​
  • Bônus 2 - Efeitos Colaterais da Low Carb
  • Bônus 3 - Lista de Compras Low Carb

Não perca tempo, garanta o seu agora mesmo:


 
Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.